“Meet and Greet” refere-se à recepção a convidados e membros. É uma função que pode parecer inconsequente e que nem será preciso treinar, até que nos deparamos com o check in numa conferência ou outros momentos que envolve receber e informar pessoas. Em baixo estão as informações que os convidados normalmente procuram saber. Serve apenas de apoio a quem desempenhar a função e não deve ser encarado como um guião.

A agenda

Cada sessão tem três partes:

  1. Discursos preparados: podem ser do CC, dos manuais avançados ou dos diversos percursos Pathways;
  2. Table topics: discursos de improviso;
  3. Avaliação: avaliações dos discursos, avaliações técnicas e avaliação geral.

No lado direito da agenda podemos ver três colunas com tempos: cada uma das intervenções têm uma duração máxima que o horário seja cumprido.

O programa educacional

O programa Toastmasters International tem dois caminhos que podem (e devem) ser percorridos em paralelo: Após assistir a algumas sessões, um novo membro pode escolher um mentor: um membro experiente a quem pedir ajuda nos primeiros passos do programa educacional. Ao terminar o manual Comunicação Competente (composto por 10 discursos) poderá continuar para os manuais avançados. Cada manual avançado versa sobre um tópico específico, havendo no total 16 diferentes sobre temas como storytelling, comunicar em vídeo, vendas, relatórios e ocasiões especiais.

Como funciona uma sessão

Nas sessões há várias funções técnicas que são rotativas e voluntárias, para que cada membro possa treinar as diferentes competências da componente de liderança. As funções são marcadas pelo próprio membro através da plataforma online Toastmaster powered by Easyspeak (normalmente designado por Easyspeak).
O membro deve usar esta plataforma para confirmar a sua presença e para se inscrever em funções técnicas com a maior antecedência possível; para apresentar discursos, o membro faz o pedido e as vagas são geridas pelo Vice Presidente de Educação (VPE).

Para o bom funcionamento das sessões, é aconselhável que as desistências de discursos ou funções sejam comunicadas até ao domingo anterior à sessão. É importante salientar um padrão no que toca às desistências: é bastante comum que quem se inscreve para um discurso planeie a sua preparação no fim-de-semana antes da sessão e quando não consegue prepará-lo comunique a desistência na segunda-feira. Esta antecedência não é suficiente para preencher a agenda.

Como é feita a avaliação?

A avaliação não é um exame onde se é aprovado ou chumbado. Durante este momento, um membro experiente partilha a sua opinião sobre a prestação do orador. Os manuais Toastmaster aconselham (mas não obrigam) usar o método sanduíche :

  1. Criar empatia com o orador/receptor para que este se sinta mais aberto a receber a avaliação;
  2. Sugerir melhorias dando exemplos concretos;
  3. Terminar com um tom de motivação para que o orador se sinta encorajado a continuar o seu caminho.
  4. Este método é muitas vezes simplificado como “Começar com aspectos positivos, dar pontos de melhoria e terminar com mais aspectos positivos”. Acima de tudo, o importante é dar valor a quem recebe a avaliação, sem desmotivar.

Sessões especiais

Sessão bilíngue: na 1ª sessão de cada mês encorajamos os membros a fazer discursos e funções em inglês. Não é obrigatório, mas é um desafio que até agora ninguém se arrependeu de aceitar.

Falar alto com o Lisbon: por vezes, a audiência senta-se ao fundo da sala para ajudar os oradores a treinar a projecção e controlo de voz.

Toastmasters com História: duas vezes por ano, o LTC organiza sessões em locais com significado histórico. Edições anteriores incluíram o Panteão Nacional, o Museu Nacional de Arqueologia, o miradouro de São Pedro de Alcântara e as ruínas romanas de Tróia.

Concursos de Primavera e Outono: competições em várias categorias e idiomas, que se iniciam no clube e cujos vencedores podem chegar até às fases internacionais.

Equipa de officers

Abreviação Termo Descrição
Presidente Advanced Communicator Bronze/Silver/Gold Passos na componente de comunicação a seguir ao CC.
VPE Vice Presidente Educação Passos na componente de liderança a seguir ao CL.
VPM Vice Presidente Membros ...
VPPR Vice Presidente Relações Públicas ...
Secretário Programa antigo ...
SAA Seargent at arms ...

Glossário

Abreviação Termo Descrição
... Área um conjunto de 4 a 6 clubes. O LTC pertence à área 1 da divisão D
BSS Better Speaker Series, The ...
DCP Distinguished Club Program Programa da organização Toastmasters International que visa motivar os clubes a crescer. Todos os anos, os clubes devem atingir uma lista de objectivos para receber esta distinção.
... Distrito ...
. Divisão ...
DTM Distinguished Toastmaster ...
HPL High Performance Leadership Um projecto de liderança. Pode visar, por exemplo, organizar um evento com um certo tamanho.
... Ice breaker o primeiro discurso
LTC Lisbon Toastmasters Club O primeiro clube Toastmaster em Portugal.
Legacy Programa antigo ...

Programa educacional antigo

O programa Toastmasters International tem dois caminhos que podem (e devem) ser percorridos em paralelo: • A componente de comunicação, onde se aprendem as componentes básicas para fazer um bom discurso. Desde o preparar um texto com introdução, desenvolvimento e conclusão, passando pelo uso de variação vocal e linguagem corporal até escrever um discurso que inspire audiências vão 10 pequenos passos; • A componente de liderança permite treinar competências como a escuta activa, dirigir uma reunião ou fazer crítica construtiva. Ambos os caminhos têm um manual - Comunicação Competente (CC) e Liderança Competente (CL) - incluídos na inscrição.

Abreviação Termo Descrição
ACB/ACS/ACG Advanced Communicator Bronze/Silver/Gold Passos na componente de comunicação a seguir ao CC.
ALB/ALS Advanced Leader Bronze/Silver/Gold Passos na componente de liderança a seguir ao CL.
CC Competent Communicator ...
CL Competent Leader ...
Legacy Programa antigo ...